Dicas

Quando a vida lhe dá uma rasteira: você fica no chão ou faz um rolamento e se levanta?

Sabe aquele dia que tudo parece dar errado? Você acorda atrasado, não tem internet para enviar um e mail urgente? Aquela viagem dos sonhos e no segundo dia repente seu único cartão de crédito na hora que passou na máquina se partiu? Sabe aquele projeto perfeito no papel e que dá tudo errado? O que você faz quando a vida lhe dá uma rasteira?

Sempre digo, quando uma porta se fecha, abrem-se duas.

A gente costuma ter um “script” de como as coisas funcionam, imaginamos que tudo será sucesso e quando não acontece do jeito que estava no “script”, surtamos e começamos a dizer: “só acontece comigo”; “tudo que vem pra mim é com dificuldade” ou “sou sempre azarado”. Será mesmo isso? Pense se isso é verdade. Você teve mais azares na vida do que sorte? Claro que isso é só um pensamento limitante. Ninguém é azarado o tempo todo. E nem tem sorte o tempo todo.

Vou dar 3 dicas para você ser mais flexível:

  • Estar presente– não fique apegado na historinha que você criou em sua cabeça de um mundo perfeitinho. Você está sempre no futuro e nunca na realidade. E se a realidade se apresentar caótica, acolha e vamos solucionar a partir do caos.
  • A realidade sempre tem razão– os acontecimentos são a sua realidade. Acolha essa realidade e aprenda com ela. Você tem duas soluções: ou fica estatelado no chão choramingando, ou faz um rolamento (como no judô) e se levanta para encontrar soluções criativas.
  • Busque uma solução– a gente sempre ouve que quando Deus fecha uma porta Ele abre outras. Pois é, quando algo der errado, se pergunte: como posso fazer isso de outro jeito?

Onde tem outra porta aberta?Treine sua mente para cair e rolar.

Espero ter ajudado.

Se quiser deixe seu comentário.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *